sábado, 5 de agosto de 2017

O que é o Eu Superior?


Há muita confusão na compreensão sobre o que acontece com o ego ao atingir o objetivo final. 


Alguns acreditam que a consciência cósmica se desenvolve neles com uma inteligência onisciente e um sentimento de estar em toda parte. 

Eles consideram isso como a unidade com o universo inteiro. Outros afirmam que há uma perda total do ego, uma destruição total do eu pessoal.

Não – essas são noções confusas do que realmente ocorre. O Eu Superior não é uma entidade coletiva como se fosse composta por um número de partículas. 

O iluminado se relaciona com os outros seres humanos através da iluminação, não por estar em união com eles, mas apenas com compaixão; não em identificação psíquica com eles, mas em harmonia psíquica. Ele ampliou a área de sua visão e vê a si mesmo como uma parte da humanidade. 

Mas isso não significa que ele tornou-se consciente de toda a humanidade como se fosse ele próprio. A verdadeira unidade é com o seu próprio eu mais elevado e indestrutível. 

É, entretanto, com uma individualidade superior, não com uma cósmica e é, entretanto, com o seu próprio eu e não com o resto da humanidade. A unidade com eles não é nem mística nem praticamente possível. O que nós descobrimos é descoberto por um aprofundamento da consciência, não por um alargamento da mesma. 

Por isso, não é tanto um eu mais amplo, mas um mais profundo que ele tem que encontrar primeiro.

Paul Brunton
O Caminho Breve