sexta-feira, 12 de agosto de 2016



" Não é por acaso que Jesus disse a seus discípulos, desde o começo de sua missão, que se arrependessem, isto é, modificassem uma concepção errada e abandonassem a maneira de viver culposa. Mas os atos nascem das ideias. Era antes de mais nada uma mudança na maneira de pensar o que Jesus declarava. Nas circunstancias mundiais atuais, o valor deste conselho aparece plenamente.   O mundo convencional, julgando pelas aparências em vez de julgar as aparências em si mesmas, foi conduzido, aos trancos e barrancos, a consciência rudimentar e fragmentária do que se passa sob a superfície das coisas.  Os acontecimentos que hoje presenciamos fazem soar as badaladas mortuárias de um mundo de pensamentos, de uma longa época de ideias, fora de moda. Nós nos alistamos numa luta para a conquista de novos valores que devem ser evidentemente o fruto de uma conceito de vida mais nobre que a que presidia a ordem antiga. "

Paul Brunton

Nenhum comentário:

Postar um comentário