terça-feira, 26 de julho de 2016

Tipos de imortalidade

Há dois tipos de imortalidade (enquanto o eu inferior domina a consciência): o primeiro é a "infindável" evolução do ego que gradualmente se desenvolve por meio de suas múltiplas manifestações; o segundo e a verdadeira imortalidade do etemo e imiscível Eu Verdadeiro — ou Eu Superior - que é eternamente subjacente e que sustenta esse ego.

Minha referencia é ao fato de que não devemos nos agarrar ao ego significa simplesmente que precisamos aprender a arte de liberar o que e transitório em nos mesmos e em nossa existência, ou seja, o que só pode sobreviver temporariamente. A Verdadeira Individualidade, a sensação e o sentimento de simplesmente Existir, não pode perecer e e a verdadeira imortalidade. A ninguém é pedido que deixe de gostar e de se interessar pelas "coisas": todos podem continuar a apreciá-las, desde que se compreenda que são transitórias e não se iludam a ponto de supervalorizá-las. Os profetas apenas dizem que a vida eterna não pode ser encontrada nas coisas.


Paul Brunton
O Que É o Karma?

Nenhum comentário:

Postar um comentário